Emmanuel - Flávio Venturini e Milton Nascimento

24 de ago de 2011

Projeto:Viver em Família - Permeabilidade em Família

PERMEABILIDADE ENTRE FAMÍLIA 

             "A união e afeição que existem entre parentes são indícios da simpatia anterior que os aproximou; também diz-se, falando de uma pessoa cujo caráter, gostos e inclinações não têm nenhuma semelhança com os de seus parentes, que ela não é da família.    
              Dizendo isso, se enuncia maior verdade do que se crê. Deus permite, nas famílias, essas encarnações de espíritos antipáticos ou estranhos, com o duplo objetivo de servir de prova para alguns, e de meio de adiantamento para outros. Os maus se melhoram pouco a pouco ao contato dos bons e pelos cuidados que deles recebem; seu caráter se abranda, seus costumes se depuram e suas antipatias se apagam; é assim que se estabelece a fusão entre as diferentes categorias de espíritos, como ocorre na Terra, entre as raças e os povos".
             Isto quer dizer que, por acréscimo da Divina Bondade também surgem nos grupos familiares algumas criaturas de nível mais elevado, do ponto de vista espiritual, e que funcionam à feição de moderadores que tendem a evitar indesejáveis "incêndios" na hora de "frisson".
             Cada família possui organização e estruturas específicas, bem como características próprias, quanto à natureza e função,as quais estão vinculadas aos valores de nossa sociedade e cultura.
            A organização existente no interior da família poderão exercer suas tarefas especificas quando houver permeabilidade nas fronteiras que os delimitam dos demais sistemas ou famílias das sociedades. Se não houver permeabilidade, a interação ou troca não é possível e o sistema empobrece por falta de informação.
          A ausência de permeabilidade na fronteira familiar, faz com que tornem-se escassas as trocas com o meio ambiente, tornando-se "famílias fechadas ao contato externo".
         Se houver permeabilidade total nas fronteiras, a família se descaracteriza, e em seu interior é comum a indiferença, confusão de papéis e ausência de autonomia.

         O estado ideal das fronteiras é, portanto, a semi-permeabilidade que permite trocas ao mesmo tempo em que garante diferenciação do meio ambiente e dos membros que o compõem.
       Podemos denominar o relacionamento familiar como disfuncional e funcional.
       Em famílias cujos relacionamentos são disfuncionais, encontramos freqüentemente, o envolvimento de uma ou mais crianças no conflito marital, o que serve geralmente para distrair a atenção dos pais de um conflito não resolvido, um conflito “submerso”, geralmente resultando numa disfunção na criança.




Seguidores

Google+ Followers

Países que nos visitam

Países que nos visitam

Recomendo este Blogger

Vídeos do Grupo Musical Cativar - GMC

Caros amigos, o Grupo Musical Cativar compartilha com vocês sua primeira postagem no youtube com a nova formação: Guitarra - Roberto, Contra-baixo - Amaro, Violão - Jeronimo, Percursões - Olavo e Robério e vocal - Lilia.
Espero que gostem e prestigiem, pois é cativante

Cantando o teu natal

O Homem integral

Passos na Areia