Emmanuel - Flávio Venturini e Milton Nascimento

28 de fev de 2013

Nossos entes queridos


NOSSOS ENTES QUERIDOS
Um ponto importante, nas relações afetivas: a nossa atitude para com os entes amados.
Habitualmente, em nossa dedicação, somos tentados a escolher caminhos que supomos devam eles trilhar.
Inclinação esta mais do que justa, porquanto muito instintivamente desejamos para os outros alegrias semelhantes às nossas.
Urge considerar, entretanto, que Deus não dá cópias.
Dos pés à cabeça e de braço a braço, cada criatura é um mundo por si, gravitando para determinadas metas evolutivas, em órbitas diferentes.
À face disso, cada pessoa possui necessidades originais e tem o passo marcado em ritmo diverso.
* * *
A vida, como sucede à escola, é igual para todos nos valores do tempo; no entanto, cada aprendiz da experiência humana, qual ocorre no educandário, estagia provisoriamente em determinado caminho de lições.
* * *
Aquele companheiro terá tomado corpo na Terra a fim de casar-se e construir a família; outro, porém, ter-se-á incorporado no plano físico para a geração de obras espirituais com imperativos de serviço muito diferentes daqueles da procriação propriamente considerada.
* * *
Essa irmã terá nascido no mundo para a formação de filhos destinados à sustentação da vida planetária; aquela outra, todavia, terá vindo ao campo dos homens a fim de servir a causas generosas em regime de celibato.
Cada coração pulsa em faixa específica de interesses afetivos.
Cada pessoa se ajusta a certa função, compreendendo assim, sempre que a nossa ternura se proponha traçar caminhos para os entes amados, saibamos consagrar-lhes, em silêncio, respeitoso carinho, e, se quisermos auxiliá-los, oremos por eles, rogando à Sabedoria Divina os inspire e ilumine, de vez que só Deus sabe no íntimo de nós todos aquilo que mais convém ao burilamento e à felicidade de cada um.

Rumo Certo - Chico Xavier e Emmanuel

27 de fev de 2013

Vida Feliz - Lição 34



Preserva a jovialidade na tua conduta.
Um cenho carregado reflete aflição, desgosto, contrariedade.
Podes ser de atitudes retas e comportamento sério, 
sem que te afixes a máscara contraída do mau humor.
Jovialmente e com alegria esparze bom ânimo, irradiando o
bem-estar de que esteja rico o teu coração.
O tesouro de um comportamento jovial tem o preço da 
felicidade que oferece a todas as pessoas.

Vida Feliz / Divaldo Franco e Joanna de Ângelis

26 de fev de 2013

Singela Luz


PRECE SINGELA LUZ


Senhor Deus e Pai Criador, que neste momento possamos nos
resignar perante as provações da vida e consigamos trabalhar com
total dedicação e afinco.
Deus Pai e Soberano, que busquemos a alegria através 
da serventia ao próximo.
Que em nossa Fe, encontremos a base segura para a construção de
um futuro coberto de bênçãos e realizações.
Que tenhamos os pensamentos focados na divulgação 
e propagação do Bem e do Amor Puro e irrestrito.
Que consigamos trilhar o caminho redentor da 
humildade através dos
passos de nosso Mestre e irmão Jesus.
Que em nossos corações germinem as sementes regeneradoras da
prudência e da benevolência.
Pai Amado, que a insegurança e o medo, sejam retirados de nossos
corações através de nossa busca constante 
de prosseguir no caminho
da evolução e do progresso espiritual, auxiliando e servindo sempre.
Que possamos acalentar os corações aflitos 
por intermédio de Vosso Amor infinito existente em nós e emanados por nossas preces sinceras.

(Antônio Carlos Gonzaga)
A Dádiva do Amor Divino 
Autores: Espíritos Diversos
Psicografia: Alessandro Micussi Simões


23 de fev de 2013

Melhorar para progredir


MELHORAR PARA PROGREDIR

"E a um deu cinco talentos e a outro dois e a outro um,
a cada um segundo a sua capacidade..." - Jesus.
(MATEUS, 25:15.)


Melhorar para progredir - eis a senha da evolução.
Passa o rio dos dons divinos em todos os continentes da vida, contudo, cada ser lhe recolhe as águas, segundo o recipiente de que se faz portador.
Não olvides que os talentos de Deus são iguais para todos, competindo a nós outros a solução do problema alusivo à capacidade de recebê-los.
Não te percas, desse modo, na lamentação indébita.
Uma hora anulada na queixa é vasto patrimônio perdido no preparo da justa habilitação para a meta a alcançar.
Muitos suspiram por tarefas de amor, confiando-se à aversão e à discórdia, enquanto que muitos outros sonham servir à luz, sustentando-se nas trevas da ociosidade e da ignorância.
A alegria e o fulgor dos cimos jazem abertos a todos aqueles que se disponham à jornada da ascensão.
Se te afeiçoas, assim, aos ideais de aprimoramento e progresso, não te afastes do trabalho que renova, do estudo que aperfeiçoa, do perdão que ilumina, do sacrifício que enobrece e da bondade que santifica...
Lembra-te de que o Senhor nos concede tudo aquilo de que necessitamos para comungar-Lhe a glória divina, entretanto, não te esqueças de que as dádivas do Criador se fixam, nos seres da Criação, conforme a capacidade de cada um.

Palavras de Vida Eterna  – Chico Xavier e Emmanuel

22 de fev de 2013

Trabalho

TRABALHO

Se nos propomos retratar mentalmente a luz dos Planos Superiores, é indispensável que a nossa vontade abrace espontaneamente o trabalho por alimento de cada dia.
No pretérito, apreciávamos por atitude servil de quantos caíssem sob o ferrete da injúria.
A escola, as artes, as virtudes domésticas, a indústria e o amanho do solo eram relegados a mãos escravas, reservando-se os braços supostos livres para a inércia dourada.
Hoje, porém, sabemos que a lei do trabalho é roteiro da justa
emancipação. Sem ela, o mundo mental dorme estanque. Fugir-lhe aos impositivos é situar-se à margem do caminho, onde o carro da evolução marcha, inflexível, deixando à retaguarda quantos se amolgam à ilusão da preguiça.
O usurário não padece apenas a infelicidade de sequestrar os bens devidos ao Bem de Todos, mas igualmente o infortúnio de erguer para si mesmo a cova adornada em que se lhe estiolarão as mais nobres faculdades do espírito.
Não vale, contudo, agir por agir.
As regiões infernais vibram repletas de movimento.
Além do trabalho-obrigação que nos remunera de pronto, é necessário nos atenhamos ao prazer de servir.
Nas contingências naturais do desenvolvimento terrestre, o espírito encarnado é compelido a esforço incessante, para o sustento do corpo físico.
Recolhe, de graça, a água pura, os princípios solares e os recursos
nutrientes da atmosfera; entretanto, é preciso suar e sofrer em busca da proteína e do carboidrato que lhe assegurem a euforia orgânica Cativo, embora, às injunções do plano de obscura matéria em que transitoriamente respira, pode, porém, desde a Terra, fruir a ventura do serviço voluntário aos semelhantes todo aquele que descerre.
O espelho da própria alma aos reflexos da Esfera Divina.
O trabalho-ação transforma o ambiente.
O trabalho-serviço, transforma o homem.
As tarefas remuneradas conquistam o agradecimento de quem lhes recebe o concurso, mas permanecem adstritas ao mundo, nas linhas da troca vulgar.
A prestação de concurso espontâneo, sem qualquer base de recompensa, desdobra a influência da Bondade Celestial que a todos nos ampara sem pagamento
A maneira que se nos alonga a ascensão, entendemos com mais clareza a necessidade de trabalhar por amor de servir.
Quando começamos a ajudar o próximo, sem aguilhões, matriculamo-nos no acrisolamento da própria alma, entrando em sintonia com a Vida Abundante.
Nos círculos mais elevados do espírito, o trabalho não é imposto. A criatura consciente da verdade compreende que a ação no bem é ajustamento às Leis de Deus e a ela se rende por livre vontade.
Por isso, nos domínios superiores, quem serve avança para os cimos da imortalidade radiosa, reproduzindo dentro de si mesmo as maravilhas do Céu que nos rodeia a espelhar-se por toda parte
Pensamento e Vida – Chico Xavier e Emmanuel

21 de fev de 2013

Na trilha das provas


NA TRILHA DAS PROVAS

Em todos os trechos da vida - mais particularmente naqueles em que as tuas forças se vejam defrontadas pela provação - , procura tempo, através da meditação, para comungar com as Forças Divinas que nos baseiam a existência, e reconhecerás que estamos todos em Deus, tanto quanto cada partícula no corpo em que se integra e cada mundo no edifício do universo de que todos partilhamos.
* * *
Se tiveres suficiente serenidade para analisar com o tempo a própria situação, compreenderás que nos fluxos e refluxos das nossas lutas evolutivas, segundo as leis que nos regem, estamos sempre no lugar adequado às necessidades de aprimoramento e reajuste espiritual que nos caracterizam: na condição indicada em que devemos estar para o desempenho de determinadas obrigações; chamados a executar essa ou aquela tarefa que mais se nos aproprie ao adiantamento moral, conforme o programa traçado pelos Orientadores da Vida Superior; na equipe de criaturas afins com que nos cabe desenvolver o mandato que se nos descerra à possibilidade de servir; com os dons e desafios, dificuldades e vantagens que nos compete aceitar e manejar no trabalho a que fomos conduzidos em proveito próprio; e nas atividades justas nas quais encontraremos todo o material humano e todos os recursos circunstanciais de que carecemos para a obra de nossa própria ascensão espiritual.
*
Asserena-te sempre e abençoa as provas que te assinalem a estrada, de vez que são essas mesmas provas que te estruturam o degrau exato que podes e deves transpor na conquista da própria felicidade, ante a Vida Maior.

Rumo Certo - Chico Xavier e Emmanuel

20 de fev de 2013

Vida Feliz - Lição 31




Evita as contendas, sempre inúteis.
Entre contendores a razão é
sempre de quem não se envolve
em discussões infrutíferas.

Nessas lutas verbais e alterações violentas, 
surgem males de difícil reparação.
As palavras que a ira põe na boca do alterador, 
raramente expressam o que ele pensa.
Traduzem-lhe o estado de desarmonia e 
a necessidade de esmagar o antagonista.
Esclarece com calma e argumenta serenamente. 
Se o outro não leva em consideração os teus
conceitos, silencia e entrega-o ao tempo que 
a todos nos ensina sem pressa.

Vida Feliz / Divaldo Franco e Joanna de Ângelis

18 de fev de 2013

Lenitivo da Esperança


PRECE LENITIVO DA ESPERANÇA
Senhor, Vós que guia nosso barco no oceano da reencarnação, 
Vós que ministra nossa oportunidade de progresso espiritual com amor puro e incondicional, nós em nossa mais humilde condição
agradecemos por sempre nos acolher e amparar.
Pai, neste momento sublime, onde a Vossa proteção se faz presente,
solicitamos que nos inspire e que faça desabrochar em nossos
corações o sentimento de Amor imaculado, onde possamos assim
servir em Vosso nome e em auxilio de todos.
Deus, que a centelha da esperança existente em nós possa se tornar
visível em todos os pontos do universo e sirva de auxilio aos aflitos.
Que a chama da Fé, aqueça nossos corações e adentre em cada ser,
nos unindo através do amor fraternal.
Pai guia nossos passos para que possamos sempre trilhar o caminho
correto da redenção e da benevolência.
Que tenhamos em nós o sentimento puro de caridade e possamos
trabalhar com dedicação e afinco sempre.
(Antônio Carlos Gonzaga)
A Dádiva do Amor Divino 
Autores: Espíritos Diversos
Psicografia: Alessandro Micussi Simões

15 de fev de 2013

No Rumo do Amanhã


NO RUMO DO AMANHÃ
"Pois que aproveitaria ao homem ganhar todo o
mundo e perder a sua alma ?" Jesus
(Marcos, 8:36.)


Lembra-te de viver, conquistando a glória eterna do Espírito.
Diariamente retiram-se da Terra criaturas cujo passo se imobiliza nos angustiosos tormentos da frustração...
Estendem os braços para o ouro que amontoaram, contudo... esse ouro apenas lhes assegura o mausoléu em que se lhes guardam as cinzas.
Alongam a lembrança para o nome em que se ilustraram nos eventos humanos, todavia... quase sempre a fulguração pessoal de que se viram objeto apenas lhes acorda o coração para a dor do arrependimento tardio.
Contemplam o campo de luta em que desenvolveram transitório domínio, mas... não enxergam senão a poeira da desilusão que lhes soterra os sonhos mortos.
Sim, em verdade, passaram no mundo em carros de triunfo na política, na fortuna, na ciência, na religião, no poder...
No entanto, incapazes do verdadeiro serviço aos semelhantes, enganaram tão somente a si próprios, no culto ao egoísmo e ao orgulho, à intemperança e à vaidade que lhes devastaram a vida.
E despertaram, além da morte, sem recolher-lhe a renovadora luz.
Recorda os que padecem na derrota de si mesmos, depois de se acreditarem vencedores, dos que choram as horas perdidas, e procura, enquanto é hoje, enriquecer o próprio espírito para o amanhã que te aguarda, porque, consoante o ensino do Senhor, nada vale reter por fora o esplendor de todos os impérios do mundo, conservando a treva por dentro do coração.

Palavras de Vida Eterna  – Chico Xavier e Emmanuel

14 de fev de 2013



Para encontrar o bem e assimilar-lhe a luz, não basta adimitir-lhe a
existência. É indispensável buscá-lo com perseverança e fervor.
Ninguém pode duvidar da eletricidade, mas para que a lâmpada nos
ilumine o aposento recorremos a fios Condutores que lhe transportem a força, desde a aparelhagem da usina distante até o recesso de nossa casa.
A fotografia é hoje fenômeno corriqueiro; contudo, para que a imagem se fixe, na execução do retrato, é preciso que a emulsão gelatinosa sensibilize a placa que a recebe.
A voz humana, através da radiofonia, é transmitida de um continente a outro, com absoluta fidelidade; todavia, não prescinde do remoinho eletrônico que, devidamente disciplinado, lhe transporta as ondulações.
Não podemos, desse modo, plasmar realização alguma sem atitude positiva de confiança.
Entretanto, como exprimir a fé? — indaga-se muitas vezes.
A fé não encontra definição no vocabulário vulgar.
É força que nasce com a própria alma, certeza instintiva na Sabedoria de Deus que é a sabedoria da própria vida. Palpita em todos os seres, vibra em todas as coisas. Mostra-se no cristal fraturado que se recompõe, humilde, e revela-se na árvore decepada que se refaz, gradativamente, entregando-se às leis de renovação que abarcam a Natureza.
Todas as operações da existência se desenvolvem, de algum modo, sob a energia da fé.
Confia o campo no vigor da primavera e cobre-se de flores.
Fia-se o rio na realidade da fonte, e dela não prescinde para a sua caudal larga e profunda.
A simples refeição é, para o homem, espontâneo ato de fé. Alimentando-se, confia ele nas vísceras abdominais que não vê.
Todo o êxito da experiência social resulta da fé que a comunidade empenhe no respeito às determinações de ordem legal que lhe regem a vida.
Utilizando-nos conscientemente de semelhante energia, é nos possível suprimir longas curvas em nosso caminho de evolução.
Para isso, seja qual for a nossa interpretação religiosa da idéia de Deus, é imprescindível acentuar em nós a confiança no bem para refletir-lhe a grandeza.
Recordemos a lente e o Sol. O astro do dia distribui equitativamente os recursos de que dispõe. Convergindo-lhe porém, os raios com a lente comum, dele auferimos poder mais amplo.
O Bem Eterno é a mesma luz para todos, mas concentrando-lhe a força em nós, por intermédio de positiva segurança íntima, decerto com mais eficiência lhe retrataremos a glória.
Busquemo-lo, pois, infatigavelmente, sem nos determos no mal.
O tronco podado oferece frutos iguais àqueles que produzia antes do golpe que o mutilou.
A fonte alcança o rio, desfazendo no próprio seio a lama que lhe atiram.
Sustentemos o coração nas águas vivas do bem inexaurível.
Procuremos a boa parte das criaturas, das coisas e dos sucessos que nos cruzem a lide cotidiana. Teremos, assim, o espelho de nossa mente voltado para o bem, incorporando-lhe os tesouros eternos, e a felicidade que nasce da fé, generosa e operante, libertar-nos-á dos grilhões de todo o mal, de vez que o bem, constante e puro, terá encontrado em nós seguro refletor.

Pensamento e Vida – Chico Xavier e Emmanuel

13 de fev de 2013

Impaciência


IMPACIÊNCIA

Assunto importante nas áreas da paciência a cura da impaciência que freqüentemente alimentamos a detrimento de nós próprios.
Se somarmos os dias e os minutos que sacamos nos créditos do tempo, a fim de acalentar irritação contra nós mesmos, verificaremos que o desespero manifesto ou imanifesto se nos erige na existência em fator de dilapidação, desencadeando enfermidade ou desequilíbrio, desastre ou morte prematura.
E não só no setor de prejuízo pessoal que o tema nos merece reflexão.
A intemperança mental, ä frente de nossas fraquezas ou desacertos, gera nos outros azedume ou desânimo, tristeza ou prevenção, estragando-lhes a vida.
Nas horas que nos conscientizamos, acerca dos erros que nos sejam próprios, acalmemo-nos para pensar, ao invés de lastimar-nos sem proveito.
Registrar as nossas falhas, diligenciando saná-las ou suprimi-las, de vez que, menosprezando responsabilidades e compromissos, menosprezamos a nós mesmos.
Devemos examinar-nos com paciência e coragem que nos induzam a melhoria.
Teremos errado, fracassado, destruído recursos ou sofrido ilusões e desilusões.
Queixa inútil ou autopiedade, porém, não edificam.
Reconheçamos com sinceridade os obstáculos, mutilações morais, conflitos e deficiências que ainda nos caracterizam o modo de ser o que comente nos fazem cair no chão do arrependimento.
Entretanto, não nos permitamos permanecer estirados em angústia vazia e, sim, compreendendo os tesouros do tempo de que a Divina Providência nos enriqueceu, procuremos reerguer-nos, trabalhar, corrigir-nos e burilar-nos, tantas vezes quantas se nos façam necessárias, porque a impaciência, de qualquer modo, de nada nos serve e nem ajuda a ninguém.

Rumo Certo - Chico Xavier e Emmanuel

12 de fev de 2013

Vida Feliz - Lição 32



Difunde a esperança em melhores dias.
Nunca houve tanta necessida
de da verde palma, quanto nestes
momentos.
A esperança dá forças aos
ideais e coragem às criaturas, que
se renovam, mesmo quando tudo
parece a ponto de perder-se.
È ela que sustenta o herói e
mantém o santo nos propósitos
superiores que abraçam.
Preservando-a em ti, nunca
desfalecerás, nem te sentirás
abandonado, quando as circunstâncias 
te convidarem ao testemunho e à solidão.

Vida Feliz / Divaldo Franco e Joanna de Ângelis

Divina Proteção


PRECE DIVINA PROTEÇÃO

Senhor Deus, Pai e Criador do universo, que Vós em Sua Infindável
Bondade, possa através de Seus iluminados governantes celestes, nos acolher e auxiliar em cada momento de nossas vidas.
Que o sublime Mestre Jesus, possa perpetuar a humildade em nossos corações e adentrar em nossos lares.
Que saibamos aproveitar os ensejos de amparar o necessitado a cada instante de nossa vida.
Que a luz da sabedoria nos seja fonte perene em nossa jornada de evolução espiritual.
Que nossos passos sejam firmes e alicerçados nos ensinamentos de nosso Amado Mestre e Irmão Cristo.
Que assim como a semente, que mesmo sobre densa camada de terra, consegue se desprender e germinar, servindo aos propósitos de Criador, nós através de nossas atitudes benevolentes e fraternas, possamos também multiplicar as bênçãos que nos são ofertadas.
Que a alegria de servir seja sempre em nós a melhor opção e que façamos sempre com total abnegação, visando o enriquecimento espiritual de todos que nos cingem.
Que Vossa luz de amor esteja sempre em nossos corações, como fonte inesgotável de amparo.

(Antônio Carlos Gonzaga)
A Dádiva do Amor Divino 
Autores: Espíritos Diversos
Psicografia: Alessandro Micussi Simões

8 de fev de 2013

Fé e Obras


AMOR E TEMOR

"O perfeito amor lança fora o temor".
(I JOÃO, 4:18.)


Para que nossa alma se expanda sem receio, através das realizações que o Senhor nos confia, não basta o imperfeito Amor que estipula salários de gratidão ou que se isola na estufa do carinho particular, reclamando entendimento alheio.
É necessário rendamos culto ao perfeito amor que tudo ilumina e a todos se estende sem distinção.
O imperfeito Amor, procurando o gozo próprio no concurso dos outros, é quase sempre o egoísmo em disfarce brilhante, buscando a si mesmo nas almas afins para atormentá-las sob múltiplas formas de temor, quais sejam a exigência e o ciúme, a crueldade e o desespero, acabando ele próprio no inferno da amargura e da frustração.
O perfeito Amor, contudo, compreende que o Pai Celeste traçou caminhos infinitos para a evolução e aprimoramento das almas, que a felicidade não é a mesma para todos e que amar significa entender e ajudar, abençoar e sustentar sempre os corações queridos, no degrau de luta que lhes é próprio.
Para que te libertes, assim, das algemas do medo, não basta te acolhas no anseio de ser ardentemente querido e auxiliado pelos outros, segundo as disposições do Amor incompleto.
É indispensável saibas amar, com abnegação e ternura, entre a esperança incansável e o serviço incessante pela vitória do bem, sob a tutela dos quais viverás sempre amando, segundo o Amor equilibrado e perfeito pela força Divina que nos ergue triunfante, dos abismos da sombra para os cimos da luz.

Palavras de Vida Eterna  – Chico Xavier e Emmanuel

7 de fev de 2013

Educação


EDUCAÇÃO

Disse-nos o Cristo: “brilhe vossa luz ...“ 
E ele mesmo, o Mestre Divino, é a nossa divina luz na evolução planetária.
Admitia-se antigamente que a recomendação do Senhor fosse mero aviso de essência mística, conclamando profitentes do Culto externo da escola religiosa a suposto relevo individual, depois da morte, na imaginária corte celeste.
Hoje, no entanto, reconhecemos que a lição de Jesus deve ser aplicada em todas as condições, todos os dias.
A própria ciência terrena atual reconhece a presença da luz em toda parte.
O corpo humano, devidamente estudado, revelou-se, não mais como matéria coesa, senão espécie de veículo energético, estruturado em partículas infinitesimais que se atraem e se repelem, reciprocamente, com o efeito de microscópicas explosões de luz.
A Química, a Física e a Astronomia demonstram que o homem terrestre mora num reino entrecortado de raios.
Na intimidade desse glorioso império da energia, temos os raios mentais condicionando os elementos em que a vida se expressa.
O pensamento é força criativa, a exteriorizar-se, da criatura que o gera, por intermédio de ondas sutis, em circuitos de ação e reação no tempo, sendo tão mensurável como o fotônio que, arrojado pelo fulcro luminescente que o produz, percorre o espaço com Velocidade determinada, sustentando o hausto fulgurante da Criação.
A mente humana é um espelho de luz, emitindo raios e assimilando-os, repetimos.
Esse espelho, entretanto, jaz mais ou menos prisioneiro nas sombras
espessas da ignorância, à maneira de pedra valiosa incrustada no cascalho da furna ou nas anfractuosidades do precipício. Para que retrate a irradiação celeste e lance de si mesmo o próprio brilho, é indispensável se desentrance das trevas, à custa do esmeril do trabalho.
Reparamos, assim, a necessidade imprescritível da educação para todos os seres.
Lembremo-nos de que o Eterno Benfeitor, em sua lição verbal, fixou na forma imperativa a advertência a que nos referimos:
“Brilhe vossa luz.”
Isso quer dizer que o potencial de luz do nosso espírito deve fulgir em sua grandeza plena.
E semelhante feito somente poderá ser atingido pela educação que nos propicie o justo burilamento.
Mas a educação, com o cultivo da inteligência e com o aperfeiçoamento do campo íntimo, em exaltação de conhecimento e bondade, saber e virtude, não será conseguida tão-só à força de instrução, que se imponha de fora para dentro, mas sim com a consciente adesão da vontade que, em se consagrando ao bem por si própria, sem constrangimento de qualquer natureza, pode libertar
e polir o coração, nele plasmando a face cristalina da alma, capaz de refletir a Vida Gloriosa e transformar, conseqüentemente, o cérebro em preciosa usina de energia superior, projetando reflexos de beleza e sublimação.

6 de fev de 2013

Negócios Humanos


NEGÓCIOS HUMANOS

No capítulo das preocupações da vida humana, urge considerar que todas elas são importantes e, a rigor, não existe pergunta que não necessite de resposta, esclarecimento, informe, orientação.
De que modo menosprezar as inquietações alheias, quaisquer que sejam, sem tisnar as fontes da caridade?
Entretanto, ao lado dos assuntos puramente espirituais, temos outros propriamente vinculados ao plano físico, tão respeitáveis, aliás, quanto às questões que afetam o imo da alma, tais quais sejam:
obtenção de trabalho;
melhoria de vencimentos;
transações em perspectiva;
mudanças prováveis;
redução de prejuízos;
instalação de empresas;
dificuldades econômicas;
apoio em questões com a justiça;
pacificação doméstica;
rearmonização em serviço;
condução de filhos;
amparo ao casamento;
necessidade de companhia;
solução de lutas afetivas.
* * *
todos os temas do caminho terrestre são respeitáveis, repetimos; no entanto, sempre que te surjam no dia-a-dia, recorda que são eles os testes da escola humana em que te encontras, a fim de que aprendas a decidir e a escolher, nas trilhas da existência, e para que realizes o melhor nas tarefas de que te deves desincumbir.
Por semelhante motivo, sempre que problemas de natureza material te asfixiem no clima das tribulações terrenas, não exijas a opinião dos outros, nas responsabilidades que te dizem respeito, e sim recorre à prece, rogando o socorro da Inspiração Divina para as medidas que te caiba promover ou patrocinar, de vez que, em qualquer caso de consciência, a decisão pertence a cada um de nós, com as repercussões naturais e justas, diante das Leis de Deus.

Rumo Certo - Chico Xavier e Emmanuel

5 de fev de 2013

Vida Feliz - Lição 31



Torna-te pacificador.
Onde te encontres, estimula a
paz e vive em paz.
Os tumultos que aturdem os
homens e as lutas que se travam
em toda parte poderiam ser evitados, 
ou pelo menos contornados, 
se os homens mantivessem
o espírito de boa vontade, 
uns para com os outros.
Uma ofensa silenciada, uma
agressão desculpada, um golpe
desviado, evitam conflitos que 
ardem em chamas de ódio.
Confia na força da não
violência e a paz enflorescerá o teu
e o coração de quantos se 
acerquem de ti.

Vida Feliz / Divaldo Franco e Joanna de Ângelis

4 de fev de 2013

Flor da Fraternidade


PRECE FLOR DA FRATERNIDADE


Nosso Pai e Senhor de Infinita Benevolência, que possamos nesse dia que principia servir com jovialidade no coração, que tenhamos perseverança e a dedicação em realizar as tarefas a nós confiadas.
Que nossos corações se iluminem na oportunidade do auxilio ao próximo.
Senhor, que tenhamos a Fé inabalável e a Esperança renovadora atuante em nós, que a flor da alegria abrolhe em nossos corações e possamos ser agraciados por seu perfume todos os dias de nossa existência.
Pai que mesmo quando envoltos pelos tormentos físicos e espirituais, possamos manter a calma e a resignação, pois confiamos na Vossa presença constante e em Vossa Divina Providência.
Não deixe que nossa imprudência comprometa ainda mais nosso progresso espiritual, e auxilie-nos para que a Caridade verdadeira seja semeada em Vossa Seara.
Que a Luz da humildade guie nossos passos pelo caminho seguro da
redenção e possamos seguir os ensinos do Cristo com alegria e jovialidade.
(Aquiles Cunha)
A Dádiva do Amor Divino 
Autores: Espíritos Diversos
Psicografia: Alessandro Micussi Simões

1 de fev de 2013

Amor e Temor


AMOR E TEMOR

"O perfeito amor lança fora o temor".
(I JOÃO, 4:18.)
Para que nossa alma se expanda sem receio, através das realizações que o Senhor nos confia, não basta o imperfeito Amor que estipula salários de gratidão ou que se isola na estufa do carinho particular, reclamando entendimento alheio.
É necessário rendamos culto ao perfeito amor que tudo ilumina e a todos se estende sem distinção.
O imperfeito Amor, procurando o gozo próprio no concurso dos outros, é quase sempre o egoísmo em disfarce brilhante, buscando a si mesmo nas almas afins para atormentá-las sob múltiplas formas de temor, quais sejam a exigência e o ciúme, a crueldade e o desespero, acabando ele próprio no inferno da amargura e da frustração.
O perfeito Amor, contudo, compreende que o Pai Celeste traçou caminhos infinitos para a evolução e aprimoramento das almas, que a felicidade não é a mesma para todos e que amar significa entender e ajudar, abençoar e sustentar sempre os corações queridos, no degrau de luta que lhes é próprio.
Para que te libertes, assim, das algemas do medo, não basta te acolhas no anseio de ser ardentemente querido e auxiliado pelos outros, segundo as disposições do Amor incompleto.
É indispensável saibas amar, com abnegação e ternura, entre a esperança incansável e o serviço incessante pela vitória do bem, sob a tutela dos quais viverás sempre amando, segundo o Amor equilibrado e perfeito pela força Divina que nos ergue triunfante, dos abismos da sombra para os cimos da luz.

Palavras de Vida Eterna  – Chico Xavier e Emmanuel

Seguidores

Google+ Followers

Países que nos visitam

Países que nos visitam

Recomendo este Blogger

Vídeos do Grupo Musical Cativar - GMC

Caros amigos, o Grupo Musical Cativar compartilha com vocês sua primeira postagem no youtube com a nova formação: Guitarra - Roberto, Contra-baixo - Amaro, Violão - Jeronimo, Percursões - Olavo e Robério e vocal - Lilia.
Espero que gostem e prestigiem, pois é cativante

Cantando o teu natal

O Homem integral

Passos na Areia